quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Melhores cidades para se viver no Quebec- Sherbrooke



Oi pessoas!!!! Ainda sobre as melhores cidades para se viver no Québec, o foco de hoje é Sherbrooke....pesquisei um pouco e como sempre postei informações de gente que vive lá, pois ainda acho que são as melhores opinões !!!


Sherbrooke 

A cidade: localização 
Sherbrooke fica situada próxima à fronteira dos Estados Unidos, reagrupa depois de 1º de Janeiro de 2002 as seguintes cidades: Ascot, Bromptonville, Deauville, Fleurimont, Lennoxville, Rock Forest, Saint-Élie-d'Orford e Sherbrooke.Ela é a sétima cidade do Québec, com uma extensão de 356 km com 141.200 habitantes. Fica à 1 h 30 de Montréal e à 2 h 30 de Québec, a capital. Sherbrooke todas as vantagens de um grande centro urbano com uma natureza esplendorosa.

Educação 
A reputação internacional das Universidade de Sherbrooke e da Universidade Bishop's no domínio do ensino e pesquisa científica, na formação prática para o trabalho e também as atividades culturais oferecem uma boa imagem da região. Oferece escolas de boa qualidade tanto no meio afranconfonico, quanto anglofonico, do ensino primário à universidade

Respeito ao meio ambiente
A cidade de Sherbrooke tem um ambiente de excepcional qualidade. O respeito ao meio ambiente e o seu equilíbrio são frutos de preocupação administrativa.Entre outros projetos, podemos destacar o projeto de mudanç do curso ds águas e o controle da qualidade das águas dos rios Magog e Saint-François, considerados umas das relaizações mais avançadas em termos ecológicos do Québec. A cidade de Sherbrooke faz parte de um projeto chamado Cidade saudável, depois de 1988. Ganhou em 1995 o prêmio de por seu projeto sobre a pobreza.

As informações abaixo coletei do blog do Luis, ele fala sobre as impressões que teve antes e depois de imigrar.... é bem interessante, segue :


"LOCALIZAÇÃO

Escolhi Sherbrooke logo no início das minhas pesquisas, no começo de 2005, simplesmente olhando no mapa. A gente não ficou muito animado com Montréal na nossa visita de dez/2004, e embora tenhamos gostado muito da cidade de Québec, ela é muito fria... tem um inverno mais longo e as temperaturas sempre mais baixas que as de Montréal. Sherbrooke pareceu ser uma boa cidade pela sua localização: mesma latitude de Montréal (logo, teoricamente o mesmo frio) e a uma distância de apenas 150 km do grande centro.

Eu estava certo? Embora a latitude seja a mesma de Montréal, as temperaturas por aqui quase sempre são 1 ou 2 graus mais baixas que as de Montréal. A proximidade é legal. Dá pra ir e voltar no mesmo dia sem problema.

CUSTO DE VIDA

Numa fase da nossa vida em que estamos planejando primeiramente estudar o idioma, para depois ingressar no mercado de trabalho, quanto menor o custo de vida, mais tempo a nossa grana vai render antes de começarmos a trabalhar. Cidades como Laval e Longueil também estiveram em nossos planos, mas a grande proximidade com Montréal, faz com que o custo de vida nestas cidades seja muito parecido. Existem cidades onde o custo de vida pode ser menor (cidades menores que Sherbrooke), mas é preciso verificar a existência de cursos de francês do governo e outras facilidades.

Eu estava certo? Estava. Comparado com o Brasil, o custo de vida de qualquer cidade canadense é alto. O de Sherbrooke é realmente menor que o de Montréal. Para terem uma idéia, um imóvel com um aluguel uns CAD 500 aqui em Sherbrooke, equivaleria a um imóvel de pelo menos CAD 800 em Montréal.

EDUCAÇÃO

Sherbrooke tem uma posição privilegiada neste quesito: duas ótimas universidades, uma anglófona (Bishop's University) e outra francófona (Université de Sherbrooke).

Eu estava certo? Existem ótimas oportunidades de cursos de idiomas, graduação, cursos de pós-graduação, bolsas, etc. Só fica sem estudar quem realmente quiser.

CURSO DE FRANCÊS COM BOLSA DO GOVERNO

Ainda no Brasil, ouvimos dizer que em Montréal (pela alta demanda), é preciso esperar muito para ser chamado para fazer o curso de francisação, com bolsa de estudos oferecido pelo governo do Québec. Escolhemos Sherbrooke por acreditar que aqui o curso sairia mais rápido.

Eu estava certo? Chegamos aqui em 9 de março, com a certeza de seríamos chamados para a turma que iniciaria em 1 de maio. Não fomos... O mais irônico desta história é que tenho um amigo em Montréal, que chegou na mesma semana que nós, e foi chamado para a turma de 1 de maio. Se este é o seu motivo mais forte, cuidado: é uma loteria.

QUALIDADE DE VIDA

Estávamos procurando por uma cidade tranqüila, segura e com boas oportunidades de lazer.

Eu estava certo? A cidade nos surpreendeu neste aspecto. Muitas praças e parques, atividades de lazer e esportivas para todos os gostos. Temos cerca de 130 km de ciclovias, só pra dar um exemplo. A cidade é limpa, segura e muito bonita, com pessoas atenciosas e quase sempre prestativas. Ao contrário de Montréal, uma metrópole com gente do mundo inteiro, aqui você convive com o o povo daqui.

EMPREGABILIDADE

Sherbrooke não é considerada uma cidade pequena aqui no Québec. Ainda no Brasil, achávamos que ela tinha o tamanho ideal: nem tão grande e cara, e nem tão pequena e "chata" (poucas oportunidades de trabalho, estudo, compras e lazer).

Eu estava certo? Embora não seja tão boa e com tantas oportunidades como Montréal, a cidade é bastante industrializada e muito desenvolvida nos aspectos de serviços e comércio. Talvez seja o unico ponto que nos faça deixar Sherbrooke: uma ótima oportunidade de emprego em outra cidade." 
.
.
.
Minha opinião:


Acho que Sherbrooke não é a melhor opção para quem deseja trabalhar logo no ínicio, mas é uma boa opção para os que irão estudar antes, pois o mercado de trabalho em Shebrooke ainda é escasso..... oque é um fator decisivo pra mim, pois sem dim dim não consigo me manter.... nem que a vaca tussaaa!!!! rsrsrs

Abaixo segue algumas fotos de Sherbrooke!




















                         





É isso ai pessoal!!! Boas pesquisas!!!


Bjo

domingo, 4 de setembro de 2011

Ça c'est Québec !!!

Oi pessoas lindas !!!

Encontrei um video muito inspirador e vou postar aqui .... espero que gostem !!!




C'est ça  !!!!!


Abços

sábado, 3 de setembro de 2011

Melhores cidades para se viver no Quebec- Gatineau



Olá amigos do blog!!! Todos bem??? Espero que sim !!

Nesse post coloquei algumas impressões sobre a cidade de Gatineau que encontrei na internet e tbm de alguns amigos de blog que residem por lá ..... segue ....





Muitos que escolhem o Canadá como novo pais se deparam com uma nova decisão. Para onde ir? Qual cidade? Onde morar? O Canadá é imenso e cada região, província e cidade tem suas particularidades. A escolha deve ser baseada no estilo de vida de cada um, domínio do inglês e/ou francês e área de trabalho.

Recentemente Ottawa-Gatineau foi considerada a melhor cidade para se morar pela respeitada revista “MoneySence”. Ottawa está localizada na Província de Ontário, enquanto Gatineau fica na Província de Quebec. Por causa da proximidade, Ottawa-Gatineau foram consideradas como uma única cidade. A pesquisa considerou o crescimento populacional, número de homicídios, renda familiar, porcentagem de desemprego, entre outros. De fato, Ottawa-Gatineau oferece um excelente padrão de vida para seus cidadãos. Organizada e muito arborizada, a cidade é a quarta escolha dos imigrantes depois de Toronto, Vancouver e Montreal.

Ottawa-Gatineau fica no sudeste do Canadá e está, geograficamente, numa posição estratégica: 400 km de Toronto, 200 km de Montreal e 500 km de Quebec City. A fronteira com o Estado de New York, nos Estados Unidos, está a 250 km e é destino freqüente dos habitantes da região que buscam opções de compras ou simplesmente passeios diferentes. A cidade de New York está a 8 horas de carro ou 10 horas de ônibus.

Sede do Governo Federal, a cidade de Ottawa-Gatineau é dividida somente pelo rio Ottawa e é considerada a cidade mais bilíngüe do mundo. Todos os serviços do Governo Federal, além das empresas privadas, institutos e organizações, são encontrados nas duas línguas oficiais do país. Por esta característica, o imigrante deve estar preparado para dominar muito bem as duas línguas. Há pessoas que vivem com o domínio somente do inglês ou do francês, porém as melhores oportunidades estão para aqueles que dominam bem as duas.

O mercado de trabalho em Ottawa-Gatineau é bem diversificado, o que explica o baixo nível de desemprego, 5.8%. Por ser a capital do país, o Governo Federal é o maior empregador da cidade. Muitas empresas, firmas e organizações dependem direta e indiretamente de contratos com o governo. O setor de tecnologia também concentra uma boa parte da empregabilidade na cidade assim como a área de telecomunicação. O fato de ser a capital federal faz com que haja na região muitas ONGs, associações e institutos, além de órgãos internacionais. O setor econômico e financeiro também é forte na cidade oferecendo a população oportunidades em bancos e seguradoras. Outro setor que cresce muito é a construção civil e a saúde.






Para o recém-chegado, Ottawa-Gatineau já oferece um vasto serviço de suporte. A região conta com inúmeros organismos não-governamentais, casas de apoio e escolas apropriadas para o aprendizado das línguas. Centros comunitários e serviços legais também podem ser encontrados. A região oferece ainda o que o imigrante mais procura: auxílio na procura do primeiro emprego. Existem vários programas voltados ao mercado de trabalho, institutos especializados em currículos e empresas que oferecem palestras e consultoria gratuitas.



e agora.... um post interessante de alguém que vive por lá .....






Outauais é uma região linda, muito voltada pra agricultura e natureza em si, lá pode-se praticar esportes ao ar livre o ano todo, e tem cada parque ecológico que é brincadeira, pra quem sai de Montréal a direção é Oeste!


As cidades de Gatineau, Hull, Aylmer e mais uma penca de pequenas vilas se fundiram formando a grande Gatineau que tanto ouvimos falar, cidade esta que cresce tão rapido, que até quem trabalha lá e atualiza o GPS sempre se depara com bairros em branco… A comunidade brasileira está crescendo e vai muito bem, temos sempre boas notícias de nossos amigos de lá.A proximidade com a capital Ottawa dá uma forcinha pois a maioria que trabalha lá mora em Gatineau, então é dinheiro de Ontário sendo gasto no Québec! A rivalidade das duas cidades se mostra no Mc Donald’s, quando estivemos lá na primeira vez, meu cunhado Will pediu em ingles e a menina respondeu em francês, ele não entendeu lhufas e perguntou de novo, a menina continuou no francês e não arredou pé! Pois é, não é só Rio e SP que tem esse privilégio. Só que nesse caso a distância é de uma pequena ponte…Pra quem vai não pode perder uma visita ao Museu da Civilização tanto por dentro quanto por fora e a vista para o Parlamento em Ottawa que é linda!A parte de empregos não sei dizer exatamente, mas a maioria das vagas são ligadas ao governo e as áreas de informática e infraestrutura tecnológica estão em alta.

Pontos fortes: Proximidade da capital do país, natureza e tranquilidade assim como o clima de cidade pequena e organizada, aluguel mais baixo com boa qualidade de imóveis. Pontos fracos: A saúde é considerada uma das piores do Québec, muitos vão à Ottawa, pagam e depois pedem reembolso pro governo… Infraestrutura para o frio também é um entrave, assim como meios de transportes nem tanto eficientes. Tem que ter carro. Ontário: Província rica do Canadá, tem as cidades de Ottawa que é a capital do Canadá e a Grande Toronto que é uma metrópole onde grandes cidades se juntaram e formaram a maior cidade do Canadá. Ottawa – Cidade linda, com ar de pequena e colonial, abriga o Parlamento e as sedes do poder, com suas praças, canais e comportas que parecem ter sido feitos ontem, estalando de novos, a manutenção e limpeza são impecáveis, os jardins e as estátuas brilham, tudo muito certinho…… É a capital do país e nem é tão grande assim…



E também um post muito bom sobre custo de vida......

Moradia - Gatineau é um lugar com uma história peculiar, já que foi formada em 2002 a partir da junção de 5 pequenas cidades que hoje são tratadas como setores do mesmo município: Aylmer, Buckingham, Gatineau, Hull e Masson-Angers. Hull, Aylmer e Gatineau são os setores mais próximos de Ottawa e o preço da moradia tende a subir de acordo com a proximidade de uma das pontes que ligam as duas cidades. Na minha opinião os melhores setores são os de Hull e Aylmer, e há muitas casas e apartamentos novos nessas regiões. No setor de Gatineau também há novidades, mas acho o trânsito um pouco pior. Falando de preços: o aluguel de um apartamento de um quarto custa algo mais ou menos entre $500 e $750, de dois quartos entre $650 e $1000 e de três, $850 e 1300. Tudo depende da localização e do estado de conservação do imóvel. Alguns bons lugares para dar uma pesquisada nos preços: Kijiji, Renters e Duproprio
Alimentação- No geral se não fizermos a conversão de dólar para real, acho que gastamos aproximadamente o que gastávamos no Brasil em supermercado, mas com a diferença de que aqui almoçamos em casa todos os dias. Algumas coisas são mais caras, como leite, frango, carne bovina e algumas frutas. Outras são muito mais baratas, como peixe, queijos, sucos e material de limpeza. O restante acho que fica no zero a zero. Os principais supermercados aqui são o Super C (as frutas e legumes lá costumam ser mais baratos), Loblaws (algo tipo o Pão de Açúcar), Wal-Mart (tem muito mais variedade do que o do Brasil), Costco (algo tipo o Macro), Metro, Provigo e Maxi. Dá para ter uma ideia de preços consultando os folhetos no Circulaires e no Publisac. Sobre restaurantes, nesse ponto tenho certeza que gastamos bem menos do que em Brasília, mas ainda estamos descobrindo o que gostamos ou não aqui. Restaurantes baratos custam uns $30 a $40 por casal (contando com taxas e gorjeta), restaurantes intermediários ficam entre $40 e $70, e um restaurante caro vai sair de uns $100 para cima. 
Transporte- Em Gatineau o transporte público é só por ônibus, pelo STO. A passagem subiu em janeiro e custa 2.95 ou 3.45, depende para onde se vai. Há passes mensais e anuais e os valores estão aqui. Agora, na minha avaliação aqui é uma cidade bem complicada para ficar sem carro. Tudo é bem espalhado, e dependendo do horário e do lugar, é preciso esperar um bom tempo por um ônibus. No inverno não é nada agradável... Dependendo da urgência, taxi pode quebrar um galho: para ir para algum lugar perto vai se gastar uns $8, para ir para algo mais distante uns $20 (com gorjeta). O custo de manutenção de um carro aqui certamente é mais baixo que em cidade maiores. O licenciamento anual custa uns 250 dólares. Sobre a gasolina, o preço no inverno deu uma subida, está custando mais ou menos $1,12 o litro (já com taxas). Aí fica faltando incluir o valor anual do seguro e da renovação da carteira de motorista (paga anualmente no mês do aniversário). 
Lazer- Acho que Gatineau é um excelente lugar para famílias e há muitas opções de diversão gratuitas ou por um valor bem acessível, principalmente com a carta da cidade. A prefeitura está divulgando agora a programação de inverno, dá para ter uma ideia do que eu estou falando aqui. Tem oficinas, teatro, brincadeiras na neve, exposições e todo tipo de esporte de inverno. Fora isso, o que não falta em Gatineau e Ottawa são cinemas (o preo fica entre $5 e $15), bibliotecas e opções de atividades ao ar livre. Há também os centros comerciais, algo como os shopping centers no Brasil, mas em um formato um pouco diferente. Agora, vale ressaltar que Gatineau é uma cidade que dorme cedo e tem muitos estabelecimentos que fecham às 17hs em alguns dias da semana. Em Ottawa é um pouco diferente, então qualquer coisa é só cruzar a ponte.
Beleza -Falando de papo calcinha, eu acho aqui o paraíso para maquiagem, produtos para pele, cabelo e afins. A variedade é imensa, os preços são ótimos e tudo é fácil de se achar. O que por acaso não se encontra dá para comprar pela internet nos EUA e pedir para entregar aqui (pagando as taxas, claro). Ainda assim sai bem em conta. Agora, se falarmos de preços de serviços... Aí é bem diferente! Os valores em salões de beleza são bem salgadinhos e não há garantia que o trabalho vai agradar. As mulheres aqui adoram unhas em gel e porcelana, daquelas bem enfeitadas... Gostam de usar bumpits exageradamente e são fãs de um corte bem assimétrico. Mas, para tudo dá-se um jeito e já ouvi boas recomendações de alguns lugares por aqui.



C'est ça pessoal!!! Espero que tenham gostado !!!






Semana abençoada para todos !!!






Bjus

Recomeçar


Não importa aonde você parou...
Em que momento da vida você cansou...
O que importa é que sempre é possível e necessário "Recomeçar".
Recomeçar é dar uma chance a si mesmo...
É renovar as esperanças na vida e o mais importante...
Acreditar em você de novo.
Sofreu muito nesse período?
Foi aprendizado...
Chorou muito?
Foi limpeza da alma...
Ficou com raiva das pessoas?
Foi para perdoá-las um dia...
Sentiu-se só por diversas vezes?
É porque você fechou as portas até para os anjos...
Acreditou que tudo estava perdido?
Era o início da sua melhora...
Pois é...
Agora é hora de reiniciar...
De pensar na luz...
De encontrar prazer nas coisas mais simples de novo...
Que tal um novo emprego?
Um corte de cabelo arrojado...
Diferente?
Um novo curso...
Ou aquele velho desejo de aprender a pintar...
Desenhar...
Dominar o computador...
Ou qualquer outra coisa...
Olha quanto desafio...
Quanta coisa nova nesse mundão de meu Deus, o esperando.
Está se sentindo sozinho?
Besteira...
Tem tanta gente que você afastou com o seu "período de isolamento"...
Tem tanta gente esperando apenas um sorriso seu para "chegar" perto de você.
Quando nos trancamos na tristeza...
Nem nós mesmos nos suportamos...
Ficamos horríveis...
O mal humor vai comendo nosso fígado...
Até a boca fica amarga!
Recomeçar...
Hoje é um bom dia para começar novos desafios.
Onde você quer chegar?
Ir alto...
Sonhe alto...
Queira o melhor do melhor...
Queira coisas boas para a vida...
Pensando assim trazemos para nós aquilo que desejamos...
Se pensamos pequeno...
Coisas pequenas teremos...
Já se desejarmos fortemente o melhor e, principalmente, lutarmos pelo melhor, o melhor vai se instalar na nossa vida.
E é o hoje o dia da faxina mental...
Joga fora tudo que te prende ao passado...
Ao mundinho de coisas tristes...
Fotos...
Peças de roupa, papel de bala...
Ingressos de cinema, bilhete de viagens...
E toda aquela tranqueira que guardamos quando nos julgamos apaixonados...
Jogue tudo fora...
Mas, principalmente, esvazie seu coração...
Fique pronto para a vida...
Para um novo amor...
Lembre-se: somos apaixonáveis...
Somos sempre capazes de amar muitas e muitas vezes...
Afinal de contas...
Nós somos o "Amor".
"Sou do tamanho daquilo que vejo e não do tamanho da minha altura"

Carlos Drummond de Andrade